magazine-luiza

magazine-luiza
Magazine Luiza se encontra em seu melhor momento operacional dos últimos dois anos (Imagem: Magazine Luiza)

Um dos nomes que sentiu a pressão do último aperto monetário no Brasil que levou a taxa básica de juros para 13,75%, o Revista Luiza (MGLU3) acredita que já se deve começar a aproveitar o ciclo de corte da Selic.

A empresa se vê como a mais bem posicionada para se beneficiar da queda nas taxas de juros. Para o Money Times, Vanessa Rossini, diretora de RI do Magalu, disse que a varejista de comércio eletrônico vive seu melhor momento operacional dos últimos dois anos.

  • LEIA TAMBÉM: A Money Picks analisou 20 carteiras recomendadas de várias casas de analistas e bancos para descobrir o melhores investimentos para março; confira as principais opções aqui.

Confira a entrevista completa e outros destaques editoriais abaixo Comprar ou vender fazer Tempos de dinheiro na semana:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

5º – Vale superada (VALE3): Ações de mineração e siderurgia avançam mais de 20% e são destaques em fevereiro; veja classificação

As ações de mineração e siderurgia se destacaram em fevereiro. Desbancando nomes como Vale (VALE3) e Gerdau (GGBR4), a ação conseguiu se posicionar entre as que mais subiram no Ibovespa, que fechou o mês com ganhos de 0,99%.

Confira a matéria completa aqui.

4º – Queda de minério de ferro leva Vale (VALE3) consigo; Novos lançamentos estão chegando?

A Vale (VALE3) afunda na bolsa nesta segunda-feira (26), pressionada por notícias negativas vindas dos mercados asiáticos. No dia, os futuros do minério de ferro atingiram o menor nível em quatro meses em meio a preocupações crescentes com a demanda da China.

Confira a matéria completa aqui.

3º – Vale (VALE3): Com o 4T23 para trás, analistas de 3 bancos reduziram o preço-alvo, mas não abrem mão da ação; entenda os motivos

Após a divulgação do balanço do quarto trimestre de 2023, analistas de três instituições atualizaram a tese da Vale (VALE3) com preços-alvo mais baixos.

Confira a matéria completa aqui.

2º – Petrobras (PETR4): Discursos de Prates que derrubam ações (e ajudam a afundar Ibovespa)

A Petrobras (PETR3;PETR4) colapsou nesta quarta-feira (28). Segundo Rafael Passos, da Ajax Asset, a queda está associada às declarações de Jean Paul Prates, que afirmou que a empresa deveria ser mais cautelosa em relação à distribuição de dividendos bilionários.

Confira a matéria completa aqui.

1º – Magazine Luiza (MGLU3): ‘Somos os mais bem posicionados para aproveitar o ciclo de corte da Selic’, diz diretor de RI

‘Quem será o novo Magazine Luiza (MGLU3) na Bolsa?’ Essa foi a pergunta repetida pelos quatro cantos do mercado ainda em 2019. A empresa, que entrou na Bolsa em 2011, acumulou ganhos de mais de 5.000% em 2020, auge da pandemia de Covid-19, e era vista como sinônimo de sucesso.

Confira a matéria completa aqui.

Fonte