CBF pode reconhecer mais 3 títulos brasileiros do Nordeste

A movimentação nos bastidores do futebol nordestino está agitada! Ao mesmo tempo, os gigantes da região, Sport, Ceará e Fortaleza, estão se unindo às federações pernambucana e cearense neste objetivo ambicioso. Reconhecer o Torneio Norte-Nordeste como título nacional junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Desse modo, o Sport passaria a ter três títulos nacionais. Enquanto isso, Fortaleza e Ceará conquistariam o primeiro.

Essa iniciativa ocorre pela recorrência nos últimos 14 anos de competições sendo reconhecidas como edições do Campeonato Brasileiro pela própria CBF. Esse fato tem sido um estímulo para os clubes nordestinos buscarem o merecido reconhecimento para o Torneio Norte-Nordeste.

– Continua depois da publicidade –

O Torneio Norte-Nordeste e seu Contexto Histórico

A princípio, para entender a importância desse torneio, é preciso voltar no tempo. Em 1968, diante da falta de representatividade dos times nordestinos e nortistas nas competições nacionais, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD) criou o Torneio Norte-Nordeste, juntamente com o Torneio Centro-Sul.

Esses torneios tinham como principal objetivo preencher o calendário esportivo após os estaduais e definir quem seria o representante brasileiro na Copa Libertadores. O Sport Recife foi o vencedor da primeira edição em 1968, seguido pela dupla cearense Ceará e Fortaleza nas edições subsequentes.

Em 1971, surgiu o Campeonato Nacional de Clubes, marcando o nascimento oficial do que conhecemos hoje como Campeonato Brasileiro.

Clubes do Nordeste em Busca de Reconhecimento

Após a CBF reconhecer os títulos do Robertão e da Taça Brasil como edições do Campeonato Brasileiro, os clubes nordestinos veem a possibilidade de também ter o Torneio Norte-Nordeste reconhecido como uma competição nacional.

Para isso, uma reunião entre representantes dos clubes e das federações está prevista para acontecer em Recife. Documentos, áudios de gols, fotos das taças expostas nas sedes dos clubes e outros arquivos serão enviados à CBF para ajudar na validação dos títulos.

José Barreto Filho, presidente do Conselho Deliberativo do Ceará, em declaração à rádio O Povo CBN, expressou confiança na possibilidade de unificação na CBF, afirmando que “não seria difícil” essa conquista.

Fuente