GWM cuidou dos novos acabamentos do Haval H6 PHEV19 (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Enquanto o nova geração do Haval H6 não chega ao BrasilConforme prometido pelo presidente James Young em bate-papo com jornalistas no Salão Automóvel de Pequim, a GWM colocará um nova versão do SUV híbrido plug-indenominado PHEV19.



Foto: Paulo Amaral/Canaltech/Canaltech

O Haval H6 PHEV19 se tornará a versão de entrada da família no Brasil, ocupando o lugar que antes pertencia ao PHEV34modelo abaixo Variante GT. Os números que acompanham a sigla referem-se à capacidade da bateria dos modelos. A novidade oferece 19 kWh, enquanto a que já está no mercado entrega 34 kWh.

Além da menor capacidade de carga, o que impactará diretamente na autonomia, o SUV híbrido plug-in da marca chinesa também não possui motor elétrico traseiro e, por isso, conta apenas com tração. avançar. A potência do Haval H6 PHEV19 é, portanto, inferior à da versão já rodando no Brasil: 326 cv e 54,04 kgf/m de torque contra 393 cv e 77,7 kgf/m.

Além do trem de força diferenciado e da menor capacidade da bateria, a nova versão de entrada da família PHEV O Haval H6 apresenta ainda novas jantes, novos revestimentos dos bancos e algumas alterações no interior que, segundo a marca, “foram inspirados nas últimas tendências estilísticas do mercado europeu”.




GWM cuidou dos novos acabamentos do Haval H6 PHEV19 (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

GWM cuidou dos novos acabamentos do Haval H6 PHEV19 (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Foto: Canaltech

Como é o novo Haval H6 PHEV19?

O relatório do Canaltech vi de perto e tive a oportunidade de acelerar o novo Haval H6 PHEV19 em Pista de teste GWMem Baoding, cidade chinesa próxima a Pequim, durante visita ao país asiático. E observou que, embora menos potente, o SUV híbrido plug-in continua bastante interessante. A prova, assim como as outras, foi curta, bastando apenas uma rápida aceleração em reta e mais alguns metros para sentir a estabilidade nas curvas – o que é bom.

Segundo a GWM, o H6 PHEV19 atinge 100 km/h em apenas 7,6 segundos, tempo muito superior aos 4,9 segundos do PHEV34. Os pontos-chave para o modelo ganhar mercado, porém, são o preço e o acabamento, que foi aprimorado e modernizado.

Segundo a marca, a nova variante com motor híbrido plug-in ficará posicionada entre o HEV2 (que não é plug-in e portanto não tem autonomia exclusivamente no modo elétrico) e o PHEV34, que tem autonomia de mais de 100 km sem precisar usar gasolina do tanque.



Haval H6 PHEV19 tem a mesma estrutura dos irmãos, mas com menos motor e bateria menor (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Haval H6 PHEV19 tem a mesma estrutura dos irmãos, mas com menos motor e bateria menor (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Foto: Canaltech

A autonomia do PHEV19, porém, ainda não foi divulgada pela marca chinesa, mas certamente será mais modesta que a da antiga versão de entrada.

Quanto custará o Haval H6 PHEV19?

Para compensar a perda de autonomia e potência, a GWM já avisou que o preço também será inferior aos R$ 279 mil cobrados pelo Haval H6 PHEV34, que estará à venda no início de junho.

Os valores exatos da nova versão do SUV híbrido da marca chinesa, porém, não foram divulgados até o momento.



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech



Paulo Amaral/Canaltech

Paulo Amaral/Canaltech

Foto: Canaltech

Tendências no Canaltech: