Ícone da moda, Iris Apfel morre aos 102 anos

A estilista, especialista em moda e empresária Iris Apfel, considerada um ícone de estilo, morreu aos 102 anos na noite desta sexta-feira (1º). A morte, cujas causas não foram reveladas, foi confirmada pelas redes sociais oficiais de Apfel.

Tornou-se conhecida mundialmente aos 84 anos, em 2005, quando foi convidada para dirigir uma exposição no Metropolitan Museum of Art, em Nova York. A exposição “Rara Avis: Seleções da Coleção Iris Apfel” lançou Apfel além da cena nova-iorquina.

Em 2015, a história do designer foi contada no documentário de 2015 “Iris”. Apfel também foi tema de livros, campanhas, capas de revistas e outros trabalhos, como linhas de acessórios e joias.

Nascida em Nova Iorque em 1921, a sua história profissional ganhou corpo quando em 1950 iniciou o seu próprio negócio no sector têxtil com o marido, Carl Apfel, com quem foi casada até à morte do companheiro em 2015.

Alguns clientes da empresa do casal foram a cosmetologista Estée Lauder e até a Casa Branca.

Iris Apfel/Reprodução/Instagram

Apfel criou sua “marca registrada” com seu estilo de vestir excêntrico e irreverente, quase sempre usando óculos com lentes grandes e armação preta, e roupas que eram experimentos com vários estilos.



Fonte