Duna: Parte Dois

Duna: Parte Dois”, a tão esperada sequência do sucesso de bilheteria de ficção científica de 2021, finalmente chegou aos cinemas dos EUA na sexta-feira, e as críticas são extremamente positivas.

O filme, estrelado Timothée Chalamet, ZendayaRebecca Ferguson, Javier Bardem e Stellan Skarsgard, é baseado na segunda metade do romance de Frank Herbert de 1965 e se aprofunda na história de Paul Atreides (Chalamet) enquanto ele navega pelas forças poderosas que controlam o universo e seu próprio destino.

“Dune: Part Two” tem uma pontuação de 94% “Certified Fresh” em Tomates podres e uma pontuação de público de 95%.

“O primeiro sucesso de bilheteria infalível do ano é uma sequência que supera a primeira ópera de areia épica de Denis Villeneuve de 2021,” escreve o crítico da ABC News Peter Traversque também achou que era um pouco longo, 2 horas e 46 minutos.

“O filme de Villeneuve é um grande sucesso, trabalhando em uma tela ainda mais ampla do que o primeiro Duna – mas é tingido de profunda tristeza, uma qualidade que o diferencia de seus contemporâneos de grande sucesso”, escreve. David Sims do Atlântico.

  • ARQUIVO - Timothee Chalamet, à esquerda, e Zendaya posam para os fotógrafos na chegada à estreia do filme
  • Zendaya
  • Zendaya

“’Duna: Parte Dois’ constrói um mundo que é inegavelmente espetacular, comprimindo uma história extensa e quase incompreensível em um sistema eficiente de entrega de narrativa.” Ann Hornaday, do Washington Post, escreve.

“Eu nem era um grande fã de ‘Duna: Parte Um,’ que me pareceu mais hipnótico visual e sonoramente do que narrativamente coerente. Eu também estive entre os críticos que acharam seu final truncado quase comicamente abrupto.” escreve Dana Stevens do Slate. “Mas, para seu grande crédito, Villeneuve cumpriu a tarefa que estabeleceu para si mesmo no primeiro capítulo temperamental, enigmático e expansivo de Duna: ele agora retorna ao mundo que estabeleceu com tanto cuidado, pronto para orquestrar os conflitos em grande escala que estão acontecendo. prestes a despedaçá-lo.”

As críticas negativas são poucas e raras.

Kevin Maher, do The Times UK, está entre os detratores do filme.

“Villeneuve pegou os piores e mais enfadonhos trechos de ‘Avatar’, sobre como o imperialismo é alimentado pela exploração de recursos naturais, e aparentemente os reembalou com um filtro laranja do Instagram”, Maher escreve.

Odie Henderson do Boston Globe escreve: “’Duna: Parte Dois’ tenta explorar ideias sobre se um estranho deveria liderar e/ou salvar uma raça de pessoas, mas os esforços tímidos são quase tão ruins como se essas noções não tivessem sido interrogado.

“Duna: Parte Dois” é classificado como PG-13.

Fuente