Especial Dia Mundial da Rádio: Alberto Herrera com Mota, Toni Nadal, Pardo e Marian Rojas

Esta terça-feira celebrámos no COPE o Dia Mundial da Rádio. E, em ‘Herrera en COPE’, conversamos com algumas das vozes mais relevantes da Espanha. Cristina Pardo, José Mota, Toni Nadal e Marian Rojas participaram da reunião de Alberto Herrera para falar sobre a importância que tiveram o rádio durante suas vidas.

Especificamente, Marian Rojas contou sobre o ‘favor’ que Cristina López Schlichting lhe fez e como isso mudou sua vida. Ouça no áudio a seguir.

Um século depois do nascimento da rádio, em ‘Herrera en COPE’ ouvimos o que pensam sobre este meio algumas personalidades que não trabalham diariamente nela.

A psiquiatra contou a Alberto Herrera sobre seu início no COPE. Sua primeira aparição em ‘Fim de semana’com Cristina L. Schlichting, foi em novembro de 2018. “Meu livro tinha acabado de ser lançado. Eu estava em uma situação pessoal muito complicada: tinha um filho muito doente, tinha dado à luz outro filho meu e tinha acabado de lançar ‘Como fazer coisas boas acontecerem com você'”, confessou o especialista.

Marian Rojas não estava passando por uma boa situação pessoal. Por isso admitiu que não poderia divulgar o seu livro e a única entrevista que concedeu foi à realizadora de ‘Fin de Semana’, Cristina López Schlichting. Algo que mudaria sua vida profissional.



Fuente